NOSSO AMIGO ESPÍRITO SANTO

“Com a chegada de Jesus, o Messias, o dilema fatal foi resolvido. Os que estão em Cristo não precisam mais viver numa nuvem escura e depressiva. Um novo poder está atuando. O Espírito da vida em Cristo, como um vento forte, limpou totalmente o ar, libertando vocês de uma tirania brutal nas mãos do pecado e da morte.” (Romanos 8:1-2 / versão A Mensagem)


“Mas, se o próprio Deus está em vocês, dificilmente irão pensar mais em vocês mesmos que Nele. Quem não recebeu esse Deus invisível, mas plenamente presente, o Espírito de Cristo, não saberá do que estamos falando. Mas vocês que o receberam e o têm habitando em vocês, mesmo que ainda experimentem as limitações do pecado, experimentam a vida de acordo com Deus…” (Romanos 8:9 / versão A Mensagem)

Quando leio estas palavras de Paulo, tenho a sensação maravilhosa de me sentir livre, de me sentir privilegiada por ter sido liberta, salva por Jesus e ter o Espírito Santo em mim. Ele não veio para nos condenar, como diz lá em João 3:17, Ele veio para nos salvar, para colocar o mundo nos eixos outra vez.
Quero compartilhar com vocês algo que aconteceu comigo e meu esposo Zeu, por esses dias.
Temos apenas um ano e nove meses de casados, então ainda estamos nos ajustando em algumas coisas, vivendo experiências jamais vividas que são desafiadoras para nós. Ainda que pessoas mais experientes venham até nós nos aconselhar e nos alertar de situações complicadas dentro de um casamento, nunca é a mesma coisa quando você está na situação.
E foi em uma fase assim de estresse que meu esposo e eu chegamos ao limite.
Foi em um dia que já começou meio tenso, acordei com a “macaca” e, meu esposo teve que ter a paciência de Jó para não piorar as coisas… RS!
Depois que tivemos vários pequenos estresse durante todo o dia em nossos devidos empregos e alguma “DR’S”, por um momento tivemos um fio de consciência e achamos que seria bom irmos ao shopping, passear para namorar, aliviar a tensão e o estresse. Mas aí quando você pensa que já aconteceu tudo de ruim naquele dia, vem uma bomba pra ficar pior… rs. Recebemos uma notícia ruim que poderia mudar nossa rotina e talvez até nos afastar da nossa mascote, nossa filha de quatro patas.
Ficamos tão tristes que desistimos de passear na mesma hora, fomos para casa e durante o percurso ficamos calados, cada um viajando em sua mente tentando achar uma solução ou tentando entender tudo aquilo. 
Ao chegarmos em casa, peguei meu tablet para ver algumas coisas e fomos a casa da minha sogra. No caminho, sem querer, o tablet cai das mãos do Zeu e vai ao chão com toda a força que já vi nessa terra, rs. Olhamos um para o outro com os olhos estatelados… Peguei o tablet e na mesma hora que liguei, senti uma dorzinha no peito quando percebi que a tela estava toda rachada na parte interna e tudo sumiu, só via um clarão, meu esposo ainda com os olhos arregalados, já sabia que já era… Sim, podem acreditar, meu tablet morreu, com menos de um ano de uso L.
Tuuuuuuuudo bem! Não era culpa dele e como já estávamos naquele nível de estresse quase 100%, respirei fundo e desencanei, afinal era só uma coisa material.
Depois de pegarmos nossas coisas na minha sogra, voltamos para casa e enquanto eu arrumava algumas roupas no guarda roupa, o Zeu foi pegar algo na geladeira e foi então que ouvi um estrondo e um “aaai!!!”, era ele,  que tinha batido a cabeça na porta do freezer, fui correndo até lá para ver se a cabeça ainda estava inteira, porque o estrondo juntamente com seu “ai” realmente foram altos rs, e graças a Deus não tinha corte, nem calombo, mas ele ficou lá esfregando a mão na cabeça rapidamente com cara de dor e eu claro, fui acalentar.
Algumas horas depois quando terminamos de jantar, o Zeu e eu estávamos tomando sobremesa e de repente a taça de vidro (que era muito fina, por sinal) quebrou na mão dele e os estilhaços do vidro foram diretos para o seu rosto, imediatamente ele correu pra lavar o rosto e quando vi aquela cena, tive um estalo e pensei “Precisamos orar agora!”.
O Zeu estava literalmente a ponto de explodir de tanto estresse, ele se sentou na cama, colocou as mãos sobre o rosto e respirou fundo, então eu falei:  “Amor! Pare o que estiver fazendo e vamos orar.” Ele concordou de imediato, damos as mãos e começamos a orar com autoridade, glorificamos a Deus juntos, choramos juntos, pedimos perdão juntos e quando terminamos, nos abraçamos e sentimos muita paz. Então percebemos que à algum tempo não orávamos juntos e sentimos que o Espírito Santo estava nos incomodando para buscarmos a Deus, sentimos que o inimigo queria e quer nos amedrontar, desanimar, nos entristecer e nos afastar de Deus, ele quer matar nossa espiritualidade.
Mas o que quero dizer com tudo isso? Quero dizer que essa pequena experiência que tivemos naquele dia, nos fez acordar, abriu nossos olhos para o que estava acontecendo, principalmente o meu esposo que já estava triste com algumas coisas e estava chegando no limite do estresse.
Nossa luta não é contra seres humanos e sim contra principados e potestades (Efésios 6:12).

E como eu disse lá no início do texto, em Romanos 8:1-2, graças a Deus, que nos enviou seu Filho para nos libertar da lei do pecado e da morte e enviou a nós o Espírito Santo, e para aqueles que participam dessa vitória, andam segundo o Espírito, e não segundo a natureza carnal. Sem o Espírito Santo meu esposo e eu não teríamos a consciência da nossa falha, e muito menos do amor de Deus (já falei sobre esse amor inexplicável aqui) e não nos sentiríamos livres. Por isso Ele é o nosso amigo, é o Espírito Santo que nos convence do pecado, da justiça e do juízo (João 16:7-11), que nos ajuda na fraqueza, quando não sabemos mais como orar, não importa. Ele ora em nós e por nós, utilizando nossos suspiros sem palavras, nossos gemidos de dor, Ele nos conhece melhor que nós mesmos, e nos mantém da presença de Deus (Romanos 8:26-27). 
Foi por isso que naquele momento, eu tive aquele estalo e senti de orar e meu esposo reconheceu que estávamos em falta com Deus e de que o inimigo estava fazendo a festa entre nós.
Por isso que mesmo em meio às aflições, estresse e etc, eu digo que sou grata a Deus por ser livre, por ser salva e por ter o Espírito Santo em mim. Sou grata pelo amor de Deus, sem Ele nada podemos ser e quando você ora, quando você realmente se entrega, quando você fica bem pertinho Dele, mesmo que sua vida esteja de ponta cabeça, você sente uma paz inexplicável, aquilo não te atormenta mais porque o Espírito Santo te vivifica e não tem o que temer, porque a fé está em Jesus.
Mas graças a Deus que… “Com a chegada de Jesus, o Messias, o dilema fatal foi resolvido. Os que estão em Cristo não precisam mais viver numa nuvem escura e depressiva. Um novo poder está atuando. O Espírito da vida em Cristo, como um vento forte, limpou totalmente o ar, libertando vocês de uma tirania brutal nas mãos do pecado e da morte.” (Romanos 8:1-2)
Espero que essa palavra venha trazer edificação para a sua vida, assim como trouxe a minha.
O que achou? Conte-nos suas experiências aqui também!

6 thoughts on “NOSSO AMIGO ESPÍRITO SANTO

  1. Forte!

    Já tive essas experiências algumas vezes… Com a correria e rotina do dia a dia esquecemos do quanto é importante a intimidade com Deus Pai, Filho, Espirito Santo. E principalmente na vida a dois. Nossa quando nos lembramos e nos despertamos pr tal busca isso alegra muitooo o coração do Pai, e a consequência é realmente só sentimentos bons e coisas boas q acontecem.
    Linda mensagem e testemunho.

    *Mano desculpa acabei rindo na parte do "aaaii" q vc bateu a cabeça. Rsrs

    1. Oi Mayara! É verdade, intimidade com nosso Pai é fundamental e primordial em nossa vida! Obrigada pelo comentário e pela visita dinha! Fiquei super feliz!
      Bjinhos Layde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *