Um Novo Caminho Na Impossibilidade

Não sei bem por que comecei a escrever hoje, sei lá! Apenas senti vontade de escrever e ver aquilo que eu, ou melhor, o que está dentro de mim quer passar para você. Talvez seja para dizer que estou aprendendo tanto a viver, mas à viver com Cristo.

Mas sempre ouvimos isso de muita gente não é? E sempre pensamos que quando decidimos viver com Cristo, nunca mais teremos problemas. Não? Ah teremos sim! Vivemos em um mundo misto, um misto de sentimentos, um misto de vontades, um misto de sonhos, um misto de temperamentos. E nem todo mundo quer fazer a coisa certa, nem todo mundo quer ser bom, nem todo mundo escolhe ser uma boa pessoa, nem todo mundo quer amar e ser amado por Ele. É a lei do livre-arbitrio.
É aí que devemos saber como é viver com Cristo, e mais profundamente não é só saber viver com Ele, mas viver como Ele. Pensar como Ele, agir como Ele, amar como Ele e o mais importante é confiar Nele. Aí você me pergunta: “Mas como Layde?” Aaaah! É tão simples e ao mesmo tempo tão grandioso. 
Você está passando por um corredor desconhecido e no meio do caminho, bem na curva, tem uma janela aberta. Mas você tem que chegar logo no seu destino e sem prestar a atenção, bate a cabeça na janela. “Ai!” É o grito que você solta ao mesmo tempo em que passa as mãos repetidas vezes na cabeça, com o intuito de amenizar a dor. “Caramba! Quem é que coloca uma janela em uma curva?” Com certa irritação, você continua andando. 
Mas o tempo passa, você esquece e tem que passar por aquele corredor de novo, porque afinal, você ainda não chegou onde queria. E mais uma vez você passa por aquela curva e de novo bate a cabeça desapercebido. “Poxa vida! Ainda não tiraram essa janela daqui? Que droga!” Irritado novamente com a cabeça dolorida, você continua o caminho pelo corredor. Ainda sem chegar ao seu destino, dessa vez você decide chamar um amigo e passam juntos pelo corredor e quando chega naquela curva você bem esperto já logo se desvia e fala “Cuidado com essa janela! Alguém não estava pensando direito quando a colocou aqui”. Mas o seu amigo olha diferente pra ela e fala: “Vamos dar uma olhada? Se alguém a colocou aqui é porque queria que olhássemos através dela.”  Aí você faz aquela cara de assustado, mas para agradar seu amigo, aceita o convite e juntos vão olhar através da janela. 
Seus olhos brilham ao ver aquilo. É uma estrada com a luz de um dia lindo e ensolarado, com um ar puro do verde e o melhor ainda, sem janelas. 
Seu amigo todo empolgado pergunta sem tirar os olhos de lá: “Vamos pular a janela e ir por ali?”. E você assustado pensa que ele deve estar louco e diz: “Você está louco? Pular a janela?”.
Janela não foi feita pra pular, certo? Mas espera aí! Tem uma estrada e se tem uma estrada é para alguém caminhar por ela!
E lá se vão vocês, pulando a janela para um novo caminho seguir, com novas possibilidades, sem janelas pra bater a cabeça, porque agora você não está em um corredor fechado, você está lá fora, livre! 
E quando você consegue pisar naquela estrada e vê que tem um novo caminho e muito melhor, que vontade de falar para aqueles seus amigos que ainda estão passando pelo corredor, andando em círculos. Que vontade de chamá-los com você para que sejam livres também!
Talvez eu nem precise explicar muito dessa pequena parábola, se é que posso chamar assim. Fui escrevendo ela aqui espontaneamente, como se viesse a minha mente o caminho que sigo em minha vida, ou o caminho que escolho seguir com Cristo. As vezes temos desejos pequenos, ou sonhos bem grandes, ficamos em busca deles, claro! E não é fácil conseguir algum deles, mas quando queremos muito, não desistimos e a gente bate a cabeça, não é? Escolhemos um caminho para consegui-los, escolhemos um caminho pra ter nossas conquistas mesmo que pequenas. Uma faculdade, uma reforma na casa, um emprego, um novo negócio, uma roupa nova, um sapato novo, uma cura, um perdão. Grandes ou pequenos temos que escolher um caminho pra conquistá-los, um corredor. Ficamos tão obcecados em conseguir isso ou aquilo, que nos deixa até desapercebidos de outras coisas, como aquela janela. E aí batemos a cabeça! Tropeça aqui, não dá certo ali, nos machucamos aqui. Mas mesmo todo arrebentado queremos persistir. Sim, as vezes é bom ser persistente. Mas será que estamos no caminho certo? Será que não deveríamos prestar mais atenção naquela janela que batemos a cabeça? Ou naquela pedra que você tropeçou, naquela curva que você passou e nem percebeu que tinha outra estrada lá? 
Jesus tá falando no seu ouvido e você nem presta atenção: “Ei! Filho, to aqui! Olha pra mim! Tem outro caminho que quero te mostrar aqui.”
Mas você sempre passa pela janela, bate a cabeça nela, fica tão irritado que nem consegue ouvir Ele te chamando lá do outro lado dela. E continua insistindo naquele caminho que não consegue te levar onde você realmente queria.
Mas Ele te ama tanto e não quer ver você correndo em círculos e ficando irritado. Então Ele vem, como um amigo, pra ver se você presta mais atenção na janela. E finalmente consegue chamar sua atenção pra Ele e te faz olhar pela janela. 
Aaaaah! É aí que você realmente abre os olhos e consegue ver muito mais além, consegue ver uma estrada e entender que Ele já tinha preparado um novo caminho pra você. Mesmo assim você ainda tem medo do novo, não é? Como que você vai chegar lá? Pulando a janela? Sim! Sabe aquela palavrinha chamada FÉ? É ela que faz você superar seus limites, andar sobre as águas, acreditar no desconhecido porque na verdade, Ele conhece o caminho melhor pra nós e o segredo é confiar, apenas confiar. 
Aí você decide acreditar, fechar o olho e simplesmente pular. Mas a diferença é que você escolheu caminhar com Ele e você descobre que Ele tinha um novo caminho pra você, um sonho muito maior do que aquilo que você sonhava. E quando você sente o gozo, o prazer, a alegria e a paz de estar com Ele, automaticamente você quer agir como Ele, ficar grudadinho com Ele o tempo todo, você quer falar Dele pra todo mundo, porque é tão gostoso ser amada por Ele. 
Ele se importa com cada detalhe da nossa vida, com cada dia de trabalho, com nosso cansaço, com nossas limitações e imperfeições. Eu amo amar Ele!
Pular a janela pra você é uma impossibilidade? “A fé baseada na possibilidade não é caminhar segundo a voz de Deus!”  (Melk Villar)
Caminhe com Ele. Tenha fé Nele e você viverá os sonhos Dele para você, que são muito maiores do que os seus.
Espero que tenha gostado desse post! Comente aí o que achou e se acha que pode ser bom para mais alguém, compartilhe também!
Te espero também lá na Fanpage do Senhora Bagunça DIY e no nosso Instagram que é cheio de inspirações pra você. Curtindo e seguindo, você nos ajuda a divulgar o blog e também você terá acesso á vários conteúdos legais e sobre os novos posts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *